Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Pesquisa utiliza bactéria da Antártida para produzir borracha sustentável

23.Jul.2014

A partir de uma bactéria encontrada na Antártida e do melaço de cana-de-açúcar, por meio de nosso Centro de Pesquisas (Cenpes), em parceria com a Universidade de Agricultura de Atenas (Grécia) e com o Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), estamos conseguindo produzir uma importante molécula para a indústria química e petroquímica nacional. Conhecida como butanodiol, esta molécula é utilizada na produção do butadieno, insumo de elevada demanda na indústria para a produção de borrachas sintéticas. A borracha é gerada a partir de moléculas fósseis e o resultado, se comprovado em nível industrial, permitirá a abertura de uma nova fronteira verde nessa área.

A tecnologia, já testada em laboratório, passa no momento por testes industriais, e caso seja aprovada, a sua utilização em escala irá contribuir para o aumento do volume de produção nacional do butadieno, suprindo o mercado nacional, atualmente abastecido com a importação do produto. Até o momento foi investido cerca de R$ 1,5 milhão. Estima-se que até 2016 sejam testadas novas matérias-primas para a obtenção dessa molécula e que até 2017 seja ampliada a escala de testes.

Veja mais

Desmentidos & Correções – 23/07/2014

23.Jul.2014

desmentidos-e-correcoes.jpgEm relação à reportagem "Sob pressão, Petrobras leva refino ao limite", publicada pela Folha de S. Paulo no último domingo (20/07), reafirmamos que nossas refinarias operam com base nas melhores práticas nacionais e internacionais respeitando as cargas autorizadas pelos órgãos reguladores, bem como os princípios de Segurança, Meio Ambiente e Saúde que norteiam nossas ações. Para mais informações sobre o tema, sugerimos a leitura da carta que enviamos ao jornal.

Sobre a matéria “TCU aponta irregularidades”, publicada na segunda-feira (21/07) pelo Correio Braziliense, reafirmamos que não há superfaturamento em nossas obras. No Comperj, o maior valor atualmente previsto reflete, principalmente, adequações de escopo (incorporação como investimento das unidades de Geração de Vapor, Tratamento de Água e Efluentes e Geração de Hidrogênio que seriam originalmente implantadas por terceiros), aditivos contratuais decorrentes da necessidade de replanejamento das atividades de alguns contratos e reajustes contratuais. Confira também a carta enviada ao veículo.

Veja mais

TCU: carta ao Correio Braziliense

23.Jul.2014

carta-correio-brasiliense.jpgLeia carta que enviamos ao Correio Braziliense sobre reportagem que trata de supostas irregularidades apontadas pelo TCU: 

Com relação à matéria “TCU aponta irregularidades” (21/07), a Petrobras reafirma que não há superfaturamento em suas obras. No Comperj, o maior valor atualmente previsto reflete, principalmente, adequações de escopo (incorporação como investimento das unidades de Geração de Vapor, Tratamento de Água e Efluentes e Geração de Hidrogênio que seriam originalmente implantadas por terceiros), aditivos contratuais decorrentes da necessidade de replanejamento das atividades de alguns contratos e reajustes contratuais.

Os pagamentos de seus compromissos com as contratadas para a obra cumpriram a legislação vigente e os prazos estabelecidos contratualmente. Aditivos, gerados para adequação dos contratos ao cronograma de entrega de equipamentos, foram celebrados de acordo com os procedimentos internos e a legislação aplicável. O primeiro conjunto de unidades do Comperj tem cerca de 73% das obras concluídas e previsão de entrada em operação em agosto de 2016. O investimento previsto para esta primeira etapa é de US$ 13,2 bilhões.

Com relação às obras da Refinaria Abreu e Lima, a Petrobras reafirma que não há superfaturamento ou sobrepreço. Desde 2008, a companhia vem esclarecendo ao TCU que há divergência metodológica na contabilização de itens que são específicos da construção de refinarias. O próprio tribunal reviu valores após os esclarecimentos. Ainda não há parecer conclusivo do TCU sobre o assunto.

Veja mais

Refino: carta à Folha de S. Paulo

23.Jul.2014

Leia a carta que enviamos ao jornal Folha de S. Paulo:

Em relação à matéria de 20/7 com título "Sob pressão, Petrobras leva refino ao limite", a companhia reafirma que suas refinarias operam com base nas melhores práticas nacionais e internacionais respeitando as cargas autorizadas pelos órgãos reguladores, bem como os princípios de Segurança, Meio Ambiente e Saúde que norteiam as ações da Petrobras.

Quanto aos indicadores de Segurança nas refinarias, a Taxa de Ocorrências foi reduzida de 8,3 em 2010 para 3,1 em 2014.

O nível de eficiência das refinarias (97,23%) em 2014, é comparável ao alcançado nas refinarias americanas de melhor performance, segundo consultoria especializada no setor.

Esse desempenho se deve ao cumprimento rigoroso do Plano de Manutenção estabelecido pela Companhia e melhorias nos processos de gestão, proporcionando assim altos níveis de confiabilidade dos equipamentos e unidades bem como garantia da integridade física de seus trabalhadores.

Veja mais

Maior exportadora do estado do Rio em 2013

23.Jul.2014

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) nos concedeu, nesta terça-feira (22/07), o Prêmio Rio Export, na categoria Hors Concours das Exportações, por termos sido a principal empresa exportadora do estado do Rio, em 2013. O gerente executivo de nossa área de Marketing e Comercialização do Abastecimento, Abilio Ramos, recebeu o prêmio em nosso nome, durante a realização do seminário ‘Mercosul: Cenário Atual e Futuro do Bloco’, na sede da Firjan, no Centro do Rio.

Somos contemplados com a premiação de forma consecutiva desde 2003, totalizando 12 edições. A partir de 2008, por conta do nosso destaque no comércio exterior fluminense, o Centro Internacional de Negócios da Firjan criou a categoria Hors Concours das Exportações.

O Prêmio Rio Export está em sua 17ª edição e tem como objetivo valorizar e estimular o desempenho das indústrias do Rio de Janeiro em suas relações com o mercado externo. O prêmio avaliou o desempenho das indústrias em 2013 a partir de dados da Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Secex/MDIC).

O seminário contou com a participação do vice-presidente da Firjan, Carlos Mariani Bittencourt; do diretor do Departamento de Negociações Internacionais da Secex, Márcio Luiz de Lima; da diretora do Centro de Estudos de Integração Internacional (Cindes), Sandra Rios; do diretor do Centro Internacional de Negócios, Amaury Temporal, do MDIC; de Lucia Maduro, membro do Conselho Empresarial de Relações Internacionais e consultora da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e de Jean-Marc Lucenet, diretor financeiro da Peugeot-Citroën do Brasil.

Veja mais

Mais navios para o pré-sal

22.Jul.2014

No terceiro trimestre deste ano, o FPSO Cidade de Ilhabela, que vai operar no pré-sal, será entregue pelo estaleiro Brasa, localizado na cidade de Niterói. O navio já está com 95,7% das obras concluídas. FPSOs são unidades flutuantes de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás. O estaleiro tem em sua carteira de projetos até o primeiro trimestre de 2016 mais duas embarcações idênticas ao Cidade de Ilhabela, cada uma com capacidade para processar 150 mil barris de petróleo por dia. Essas embarcações vão contribuir para as metas previstas no nosso Plano de Negócios e Gestão 2014-2018 de acrescentar 1 milhão de barris de petróleo na produção diária em 2017.

Localizado na Baia de Guanabara, em uma região estratégica, o estaleiro foi inaugurado em fevereiro de 2012, ocupa uma área de 45 mil metros quadrados e possui um cais que lhe permite realizar a integração de plataformas. O FPSO Cidade de Ilhabela, que tem o primeiro óleo previsto para o terceiro trimestre de 2014, está programado para operar no campo de Sapinhoá Norte, na Bacia de Santos. O casco chegou ao Brasil em dezembro de 2013. (...)

Veja mais

Festival Latinidades oferece programação gratuita em Brasília

22.Jul.2014

latinidades.jpgDe 23 a 28 de julho, Brasília será palco de mais uma edição do festival de mulheres negras da América Latina, o Festival Latinidades. O evento gratuito, que conta com nosso patrocínio, será realizado no Museu Nacional da República. Entre as atrações estão Elza Soares, Diogo Nogueira, Alissa Sanders, Indiana Nomma, Marabeau e Ellen Oléria, além da cantora e compositora Malika Tirolien, de Guadalupe, e do Vox Sambou, do Haiti. O encontro ainda terá debates, conferências, lançamentos literários, oficinas, desfiles e exposições.

No sábado (26), os destaques são o show de Elza Soares, o desfile da estilista baiana Mônica Anjos, que lançará coleção em homenagem aos 40 anos dos Blocos Afros, em especial ao Bloco Ilê Ayiê. (...)

Veja mais

Projeto Envolva-se promove oficina para fomentar a cidadania e a sustentabilidade de comunidades em Mossoró

21.Jul.2014

envolva-se.jpgO projeto Envolva-se – Práticas para a Cidadania, que conta com nosso patrocínio, vai oferecer, na próxima terça-feira (22/07), uma oficina voltada ao fomento da cidadania e do desenvolvimento sustentável em Mossoró (RN). A iniciativa inclui dinâmicas interativas para lideranças comunitárias, organizações não-governamentais e poder público da região. O objetivo é incentivar o engajamento de todos na promoção de ações que contribuam para melhoria da qualidade de vida da população. As inscrições podem ser feitas pelo site www.envolva-se.com ou pelo email contato@envolva-se.com. O evento será das 8h às 18h.

A oficina vai trabalhar questões que envolvem cidadania e comunicação comunitária durante um dia de trabalho. A programação inclui ainda narrativas de histórias de vida, relatos de lideranças locais sobre experiências exitosas voltadas ao desenvolvimento sustentável e uma dinâmica em que o grupo é incentivado a fazer conexões com os desafios de implementação de ações práticas que contribuam para o desenvolvimento local. (...)

Veja mais

Refinaria no Paraná apoia cerca de 400 crianças em projeto de educação

21.Jul.2014

O Programa de Criança da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), nossa unidade de refino em Araucária (PR), completa quatro anos e comemora a consolidação de suas atividades educativas nas escolas situadas no entorno da refinaria. A iniciativa vem contribuindo para o desenvolvimento pedagógico e social das crianças ao longo dos anos. Quando foi lançado, em 2010, o programa atendia 88 crianças. Atualmente, 374 alunos do 2º ao 5º ano do ensino fundamental são beneficiados e em 2015 serão 396. Os investimentos totais somam aproximadamente R$ 6,3 milhões.

Nas escolas, são oferecidas atividades lúdicas, recreativas, culturais e esportivas. O modelo pedagógico adotado permite que o atendimento aos alunos seja feito levando-se em conta o perfil e a necessidade de cada um. Dessa forma, busca-se não apenas a melhoria do desempenho escolar, mas também a formação de cidadãos conscientes do seu papel na sociedade.

A gerente de Comunicação da Repar, Elisabete Mayer Pontes, explica que o Programa de Criança segue as diretrizes do Programa Petrobras Socioambiental. “Esse trabalho reflete o compromisso da Petrobras em contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde atua. Por meio dessa iniciativa, estamos ajudando a garantir um futuro melhor para essas crianças”. (...)

Veja mais

Gasolina Petrobras Grid chega à nossa rede de postos em todo o país

21.Jul.2014

Maior lançamento da Petrobras Distribuidora no segmento automotivo em 2014, a gasolina Petrobras Grid já está disponível nos postos Petrobras em todo o país. A gasolina Petrobras Grid incorpora um pacote de detergentes, dispersantes e um aditivo modificador de atrito, especialmente desenvolvidos para o mercado brasileiro, que proporcionam maior desempenho, máxima eficiência e proteção do motor. Os investimentos no novo combustível chegam a R$ 85 milhões, incluindo 1.200 horas de testes no Centro de Pesquisas da Petrobras (CENPES), no Rio de Janeiro.

A Petrobras Grid possui teor máximo de enxofre de 50 ppm e coloração esverdeada. Ela pode ser utilizada em veículos movidos a gasolina ou flex, principalmente os equipados com injeção eletrônica, e tem a garantia de qualidade atestada pelo programa De Olho no Combustível. Com o aditivo modificador de atrito, aumentam a resistência ao desgaste do motor e a vida útil das peças, enquanto se reduzem os depósitos nas válvulas de admissão e, consequentemente, os custos de manutenção do veículo.

Para o diretor da Rede de Postos de Serviço da Petrobras Distribuidora, Luis Alves de Lima Filho, a novidade vem atender à expectativa do mercado: “Temos hoje um consumidor mais exigente, que busca produtos de qualidade e uma marca confiável. A Petrobras Grid oferece tudo isso”, explica.

Campanha – Com o slogan “Petrobras Grid: Gasolina se escolhe assim”, em 20/07 foi lançada uma campanha publicitária nacional para divulgar a nova gasolina, com peças para TV aberta e fechada, rádio, internet, mídia exterior, revista e ponto de venda.

Mais informações estão disponíveis em:  www.br.com.br/petrobrasgrid.

Veja mais