Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Nossas pesquisas indicam novas fontes para produção de gás natural no país

08.Fev.2016

mapa-bacias.jpgExistem no litoral brasileiro áreas com acumulações de hidratos de gás que podem ser, no futuro, novas fontes para produção de gás natural no país. De olho no potencial dos depósitos não convencionais, trabalhamos em cooperação tecnológica com a Jogmec (Companhia Japonesa de Óleo, Gás e Metais), pioneira em testes de produção offshore de gás natural de hidratos de metano.

O intercâmbio tecnológico entre as empresas foi formalizado em novembro de 2015. O acordo visa a exploração e produção de óleo e gás de depósitos não convencionais, incluindo óleos pesados, shale gas (conhecido como gás de xisto) e principalmente, hidratos de gás. (...)

Ver post completo

Confira nossas ações no mutirão nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti

05.Fev.2016

Mutirao-Aedes-Blog.jpgDesde o início da semana, estamos participando do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia. A mobilização foi feita em nossas unidades e subsidiárias (Petrobras Distribuidora, Transpetro e Liquigás).

Realizamos um mutirão de verificação, limpeza e eliminação de possíveis focos do mosquito em dezenas de unidades administrativas, como nossos prédios em Aracaju, Curitiba, Manaus, Natal, Salvador, Santos, São Paulo, Rio de Janeiro e Vitória. (...)

Ver post completo

Estamos engajados no combate à violência sexual contra crianças e adolescentes no carnaval

03.Fev.2016

combate_violencia.jpgEstá em ação a Campanha Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual de Crianças e Adolescentes no Carnaval, realizada anualmente pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Por meio dessa iniciativa, incentivamos e apoiamos denúncias de abusos pelo Disque Direitos Humanos ou Disque 100, ou feitas diretamente ao Conselho Tutelar mais próximo do denunciante. Abraçamos essa causa, que é de todos, como signatários da Declaração de Compromisso Corporativo do Enfrentamento de Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O Disque Direitos Humanos ou Disque 100 é o principal canal de comunicação do Departamento de Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos. Desde sua criação até hoje, já recebeu mais de 300 mil denúncias. O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia, inclusive nos finais de semana e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil, por meio de discagem direta e gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel, bastando discar 100. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido quando solicitado pelo demandante. Todas as denúncias recebidas são analisadas, tratadas e encaminhadas aos órgãos responsáveis. (...)

Ver post completo

Sistema Petrobras participa de mutirão nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti

01.Fev.2016

combate-aedes-blog.pngEstamos participando do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia. O crescimento dos casos está associado ao Zika vírus, uma doença que é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. É uma situação inédita no mundo e que reforça a importância de eliminar os criadouros do mosquito, que também transmite Dengue e Chikungunya.

Estão em andamento na Petrobras e subsidiárias (Petrobras Distribuidora, Transpetro e Liquigás) campanhas educativas com as comunidades do entorno, rede de postos, revendas Liquigás e a força de trabalho em todo o Brasil com foco na prevenção, combate ao mosquito e esclarecimentos sobre os sintomas das doenças. (...)

Ver post completo

Campo de Lula já é o maior produtor e exportador de óleo do Brasil

01.Fev.2016

PLATAFORMA_CIDADE_ANGRA.jpg

A produção média de petróleo que operamos no campo de Lula em dezembro de 2015 foi de 442 mil barris por dia (bpd), equivalente a aproximadamente 51% de toda a produção que operamos no pré-sal (874 mil bpd) no período. Com esse elevado potencial , Lula já é o maior campo produtor de petróleo no Brasil, além de maior produtor nacional de gás natural, com produção média de 20,6 milhões de metros cúbicos/dia (m³/d) em dezembro.

O campo de Lula assumiu e vem mantendo a liderança na produção de petróleo nacional desde agosto do ano passado, quando ultrapassou o campo de Roncador.  A expectativa para 2016 é de um aumento ainda maior com a entrada em operação dos FPSOs Cidade de Maricá e Cidade de Saquarema, adicionando uma capacidade de produção de até 300 mil bpd ao campo de Lula. O Cidade de Maricá já está na locação e iniciará em breve a interligação dos poços, e o Cidade de Saquarema está em processo de integração, no estaleiro Brasa, em Niterói. (...)

Ver post completo

Barco-escola leva capacitação profissional para ribeirinhos

30.Jan.2016

Barco-escola Samaúma

Desde a inauguração, em 1979, o barco-escola Samaúma já capacitou profissionalmente mais de 50 mil alunos de seis estados do Norte do Brasil. Só em 2015, foram emitidos mais de 2.700 certificados e percorridos cerca de 1.500 km ao longo de quatro municípios do Amazonas. Há 13 anos, nós apoiamos essa iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-AM) por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Por alcançar municípios muito distantes, por meio de vias fluviais, e oferecer cursos gratuitos, o projeto é uma oportunidade de capacitação para os ribeirinhos – assim chamados por residirem às margens do rio Amazonas e dos seus afluentes e não possuírem possibilidade de utilizar a malha rodoviária. (...)

Ver post completo

Nossa produção de Diesel S-10 bate recorde e supera em 40% resultado do ano anterior

29.Jan.2016

Diesel_S-10.jpg

Nosso parque de refino encerrou 2015 com um recorde na produção total de Diesel S-10 da ordem de 11,686 milhões de metros cúbicos (m³). O volume atingido no período representa alta de 40% na comparação com o resultado do ano anterior, quando produzimos 8,329 milhões de m³ do derivado. O crescimento da produção contribuiu ainda para a redução das importações de Diesel S-10 em 49%, passando de 9,3 milhões de m³ em 2014 para 4,7 milhões de m³ em 2015. (...)

Ver post completo

Aprovamos nossa nova estrutura e modelo de governança

28.Jan.2016

nova-estrutura-Blog.png

Nosso Conselho de Administração aprovou, em reunião realizada nesta quarta-feira (27/01), a nova estrutura organizacional e o novo modelo de gestão e governança da companhia.

A reformulação ocorre como parte da nossa resposta à nova realidade do setor de óleo e gás, que tem nos levado a priorizar atividades mais rentáveis, tornando-nos mais competitivos.

A reestruturação envolve a redistribuição de atividades, a fusão de áreas e a revisão do modelo decisório. Um dos objetivos centrais é ampliar os mecanismos de controle e conformidade.

Com as mudanças, estima-se redução de custos de até R$ 1,8 bilhão por ano. Também está prevista redução de pelo menos 30% no número de funções gerenciais em áreas não operacionais. Possuímos cerca de 7,5 mil funções gerenciais aprovadas, das quais 5,3 mil estão em áreas não operacionais.

A nossa reformulação adequa a estrutura e a gestão à visão estabelecida pelo Plano de Negócios 2015-2019, que tem como metas fundamentais a geração de valor e a desalavancagem. Além disso, amplia o nosso esforço para fortalecer os mecanismos de controle, conformidade e transparência (...)

Ver post completo

Prorrogação do mandato do presidente do Conselho da Petrobras Distribuidora e eleição de presidente interino

26.Jan.2016

posto-petrobras-distribuidora.jpgO Conselho de Administração da nossa subsidiária Petrobras Distribuidora S.A. aprovou a prorrogação do mandato do conselheiro Segen Farid Estefen como presidente do Conselho dessa subsidiária até a próxima Assembleia Geral Ordinária.

Adicionalmente, foi aprovada a designação do diretor de Operações e Logística da Petrobras Distribuidora, Ivan de Sá Pereira Junior, como presidente interino da subsidiária até a próxima Assembleia Geral Ordinária.

Ver post completo

Oferta de gás nacional ao mercado brasileiro subiu 3,9% em 2015

26.Jan.2016

gas.jpg

A oferta total de gás natural para o mercado brasileiro, em 2015, foi de 95,03 milhões de metros cúbicos por dia (m³/dia). Contando apenas a participação do gás natural nacional, foram 44,93 milhões de m³/dia (3,9% a mais do que no ano anterior). Para completar o volume da oferta total, nosso balanço de movimentação de gás contabilizou o gás regaseificado em nossos terminais e a importação do gás boliviano. Os terminais de gás natural liquefeito (GNL) situados em Pecém (CE), na Baía de Guanabara (RJ) e na Bahia foram responsáveis pela regaseificação de 18,04 milhões de m³/dia, na média, ao longo do ano. Da Bolívia, foram importados, em média, 32,06 milhões de m³/dia. (...)

Ver post completo