Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Conheça os derivados do petróleo que fazem parte do cotidiano

29.Jun.2014

fertilizantes.jpgÉ praticamente impossível pensar o dia a dia sem a participação de algum produto obtido a partir da indústria petroquímica. Essa indústria, que utiliza derivados do petróleo ou do gás natural como matéria-prima, nos traz conforto e praticidade, sem que imaginemos quanta tecnologia e conhecimento estão envolvidos nas coisas mais simples. Existem produtos oriundos dessa indústria em roupas, colchões, embalagens para alimentos e medicamentos, brinquedos, móveis e eletrodomésticos, carros, aviões e até nos xampus e cosméticos. Isso se deve em parte à petroquímica, que transforma o petróleo refinado em produtos que são a base para grande parte da indústria química.

As matérias-primas para os petroquímicos são a nafta, produzida nas refinarias, e o gás natural. Os produtos petroquímicos são classificados como básicos, intermediários e finais. Os petroquímicos básicos são eteno, propeno, butadieno, aromáticos, amônia e o metanol, a partir dos quais é produzida uma grande diversidade de intermediários. Estes, por sua vez, serão transformados em produtos petroquímicos finais como os plásticos, borrachas sintéticas, detergentes, solventes, fios e fibras sintéticos, fertilizantes, etc.

Temos papel de destaque na petroquímica brasileira por sermos a principal fornecedora de matéria-prima e possuirmos participação em diversas empresas. A integração das nossas atividades com essa indústria permite valorizar toda a cadeia de suprimento desde o processamento de petróleo até a produção de plásticos e outros produtos petroquímicos.

Conheça as principais aplicações de alguns dos produtos petroquímicos básicos:

Eteno – o seu principal derivado é o polietileno que é usado na fabricação de sacos plásticos para embalagem de produtos alimentícios e de higiene e limpeza, utensílios domésticos, caixas d’água, brinquedos e playgrounds infantis. Dentre suas outras aplicações podemos destacar o PVC, usado na construção civil, em calçados e em bolsas de sangue.

Propeno – é a matéria prima para o polipropileno, usado, por exemplo, em embalagens alimentícias e de produtos de higiene e limpeza, peças para automóveis, tapetes, tecidos e móveis. Apresenta, além dessa, diversas outras aplicações como, por exemplo, produção de derivados acrílicos para tintas, adesivos, fibras e polímero superabsorvente para fraldas descartáveis.

Butadieno – usado principalmente na produção de borracha sintética, em pneus e solados para calçados, por exemplo.

Aromáticos são matérias-primas para produtos como o PET utilizado em garrafas e fibras sintéticas, e o poliestireno, material empregado em eletroeletrônicos, eletrodomésticos, embalagens de iogurtes, copos, pratos e talheres e material escolar.

Metanol – é insumo para produção de biocombustíveis e de diversos intermediários químicos usados, por exemplo, pela indústria de móveis e de defensivos agrícolas.

Amônia – é uma das matérias-primas para a indústria de fertilizantes, sendo usada na produção de uréia e de fertilizantes nitrogenados utilizados nas culturas de milho, cana de açúcar, café, algodão e laranja, entre outras.

Postado em: [Atividades]

19 comentários

the nameles

10.Ma.2016

Achei que falaria dos derivados como a gasolina e etc.

Fatos e Dados

16.Ma.2016

Olá,

sugerimos a leitura de nosso post sobre o caminho da gasolina.

nataly

14.Ab.2016

uma otima materia

Fatos e Dados

15.Ab.2016

Olá, Nataly,

sugerimos que leia também nosso post sobre os 5 passos para a descoberta de um campo de petróleo e gás natural.

Edson

23.Ma.2016

Matéria excelente!

MANU

07.Ou.2015

muito boa essa materia

Lucas

04.Ju.2015

Explicativo.

Hanna

31.Ma.2015

u.u uffa , achei um texto bem escrito , super explicado , sem erros e que com muita certeza aprendi sobre o petroleo. Claro que nao usarei as mesmas palavras do texto em meu trabalho , mas pude tirar minhas duvidas sobre os derivados. Ah , achei que ficou a desejar a ultima classificacao sobre as materias primas , mas gostei do restante.

edinho

25.Ma.2015

Muito boa a matéria

luia fernando

23.Ma.2015

muito bom...

ana ali

22.Ma.2015

Suscinta mas muito esclarecedora. É a NOSSA Petrobras que muitos desavisados e outros nem tanto querem privatizar, inclusive mudando seu nome para petrobraX! Quem sabe agora as pessoas tomem CONSCIÊNCIA do olho espichado dos gringos prá cima da NOSSA Petrobras.

Daniel Victor

21.Ma.2015

Tudo isso poderia facilmente ser produzido a partir de uma fonte renovável, sustentável, respeitando integralmente o meio ambiente, com um custo inacreditavelmente mais barato, e, o melhor, que não coloca em risco a saúde de nenhum ser vivo e nem a do planeta.

salxixa

18.Ma.2015

Não gostei,ja sabia isso,pensei que era mais detalhado.

Felipe Silva

13.Ma.2015

Achei ótimo parabéns a quem o crio-lo.

José Noé de 0liveira

12.Ma.2015

Gostei, muito importante.

VALDOMIRO ALVES ARANHA

21.Fe.2015

ÓTIMO, GOSTEI DA EXPLICAÇÃO

Lenita Rangel de Souxa

21.Fe.2015

Achei hiper interessante a matéria. Simples e funcional. Parabêns!!!

Sergio Suto

20.Fe.2015

Está faltando os principais produtos, gasolina, diesel, querosene, piche, etc.

Lincoln

20.Fe.2015

Achei ótimo. Simples e de fácil compreensão. Muito bom para estudantes de primeiro e segundo grau e para os leigos em geral.

nilma solange

19.Fe.2015

Achei muito interessante a matéria. Sugiro que outras matérias informativas sejam divulgadas. Isso é bom para os jovens. As matérias que são divulgadas em quantidade se referem a violência, uso de substancias psicoativas, etc. Essa matéria é educativa. As demais só causa: medo, insegurança, pavor, intranquilidade, fobias nas crianças e jovens, além de aguçar sentimentos de revolta.

fernanda

17.No.2014

Bom Gostei!