Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Divulgação de resultados do exercício de 2015

21.Mar.2016

Resultado-4T15-blog.jpg

Em 2015, registramos aumento de 25% no Ebitda ajustado, porém, devidos às baixas contábeis, apuramos prejuízo. Leia o comunicado divulgado nesta segunda-feira (21/03):

• Prejuízo líquido de R$ 34,8 bilhões em 2015, ocasionado por:

impairment de ativos e investimentos, principalmente em função do declínio dos preços do petróleo e incremento nas taxas de desconto (R$ 49,7 bilhões); e

• perda cambial e despesas de juros (R$ 32,9 bilhões).

• Prejuízo Operacional de R$ 12,4 bilhões, uma redução de 42% em comparação com 2014.

• O EBITDA ajustado atingiu R$ 73,9 bilhões, montante 25% superior ao de 2014, em função dos maiores preços de diesel e gasolina, além da redução dos gastos com participações governamentais e importações de petróleo e derivados.

• Fluxo de caixa livre positivo em R$ 15,6 bilhões, ante um resultado negativo de R$ 19,6 bilhões em 2014, favorecendo a redução em 5% do endividamento líquido, em dólares. Desde 2007, não se registrava fluxo de caixa livre positivo.

• Os investimentos totalizaram R$ 76,3 bilhões, 12% inferiores a 2014. Em dólares, os investimentos atingiram US$ 23,1 bilhões, uma redução de 38%. O segmento de Exploração e Produção concentrou 83% dos recursos.  

• A queda do Brent impactou negativamente o resultado da Companhia, devido ao reconhecido de perdas por impairment. A desvalorização cambial também exerceu influência negativa, afetando o resultado financeiro.

Destaques operacionais

• Crescimento anual de 4% na produção de petróleo e gás natural (Brasil e exterior), atingindo a média de 2 milhões 787 mil barris de óleo equivalente por dia (boed). A produção de petróleo no Brasil superou a meta do Plano de Negócios e Gestão, alcançando 2 milhões 128 mil barris por dia (bpd). Na camada pré-sal, a produção operada pela Petrobras se manteve acima de 1 milhão de boed desde julho de 2015.

• Incremento de 55% das exportações de petróleo em relação a 2014, resultando em melhora da balança comercial da Petrobras, que alcançou superávit no 4º trimestre de 2015 (+167 mil bpd).

• No refino, houve aumento do percentual de diesel na produção total de derivados, com maior participação de óleo nacional na carga processada. A produção total de derivados (Brasil e exterior) foi de 2 milhões 175 mil bpd, 7% inferior a 2014, devido, principalmente, às paradas para manutenção na RLAM e na REDUC. 

tabela-resultados-2015.png

Leia o comunicado completo na página de Relacionamento com Investidores.

 

Postado em: [Atividades, Institucional]

8 comentários

Elion Rodrigues Martins

20.Ab.2016

Bom dia! Gostaria de saber se ainda é possível utilizar o FGTS para comprar ações da Petrobrás e, se possível, como posso fazer isso?

Fatos e Dados

26.Ab.2016

Olá, Elion,

sugerimos que acesse nossa página de Relacionamento com Investidores. Lá, além de informações financeiras, você também encontra o canal Fale Conosco.

Rodrigo

17.Ab.2016

O texto fala em prejuízo líquido de 34,8 Bilhões, porém o gráfico mostra milhões...

Fatos e Dados

19.Ab.2016

Olá Rodrigo,
 
o gráfico usa o milhão como medida. Por exemplo: 1.000 “milhões” equivalem a R$ 1 bilhão.
 
No post, o gráfico indica 34.836 unidades de milhão, o que corresponde a R$ 34,836 bilhões. A informação é a mesma, no texto e no gráfico.

Fabio Dias

23.Ma.2016

Prejuízo Líquido deveria ser - 61% e não + ; da mesma forma o prejuízo operacional deveria ser (+) e não (-)

Wilmar Kunde

23.Ma.2016

A baixa do petróleo é causada pelo DUMPING determinado pelos controladores das atuais empresas atuantes no mercado global exatamente para quebrar as concorrentes a depois "comprá-las". É o tradicional expediente Rockfeller, que fez crescer a Standard Oil (atual Exxon) desmembrada pelo governo americano em 33 empresas menores mas do mesmo proprietário. (Wikipedia: Standard Oil). Depois o preço volta ao "normal". Portanto o "impairment" está incorretammente contabilizado. Se o Governo (e a Cia, não a CIA) for nosso deve argüir essa questão na OIC e ONU. Sobre cartéis (tipo OAS, Odebrecht, etc, etc) convém ler o livro "A Ditadura dos Cartéis" e seus dois sucessores (procurem na internet em arquivo PDF). Pelo que me lembro este é o terceiro golpe desse tipo perpetrado contra o Brasil. Antecederam os contra Getúlio e Jango. Coincidencia não tão mera.

Peterson

22.Ma.2016

Por quê estas informações de lucro e prejuízo não são passadas de forma que o cidadão comum possa entende-la? Há um lucro de 79bi mas um prejuízo de 34bi também...

Fatos e Dados

28.Ma.2016

Olá, Peterson,

sugerimos que acesse nossa página de Relacionamento com Investidores. Lá, além de informações financeiras, você encontra o canal Fale Conosco.

Raphael

22.Ma.2016

Cadê a PLR / PR dos empregados?

Fatos e Dados

29.Ma.2016

Olá, Raphael,

caso seja nosso empregado sugerimos que esclareça essa dúvida pela intranet.

JOSE COUTINHO BARBOSA

21.Ma.2016

O impairment nas reservas , elevado, permaneceria , em caso de subida de preços do petroleo?

Fatos e Dados

28.Ma.2016

Olá, Jose,

sugerimos que acesse nossa página de Relacionamento com Investidores.

Luiz Lacerda

21.Ma.2016

Gostaria de ter acesso ao balanço completo da Petrobras. Onde posso achar

Fatos e Dados

28.Ma.2016

Olá, Luiz,

esta e outras informações financeiras como relatórios anuais e fatos relevantes você encontra em nossa página de Relacionamento com Investidores.

*Campos obrigatórios




Enviar