Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

filtro data: 10/2017

Top of Mind 2017: somos a marca que mais representa o Brasil

31.Out.2017

PREMIO_MIND.jpg

Vencemos, pelo segundo ano consecutivo, o prêmio Folha Top of Mind, da Folha de S.Paulo, na categoria "Marca que representa o Brasil". Este reconhecimento reforça a importância da nossa presença no dia a dia da sociedade. Para receber o prêmio em nosso nome, Bruno Motta, gerente executivo de Comunicação e Marcas, subiu ao palco da cerimônia realizada em São Paulo.

"Sempre é bom ter confirmada a expectativa de que a Petrobras está entre as marcas mais relevantes para os brasileiros. É um indicativo importante da nossa posição competitiva. Esse é o momento de voltar à essência do que a companhia sempre significou para o Brasil. Isso diz respeito à nossa capacidade técnica única, à promoção do conhecimento e à contribuição que a Petrobras traz para movimentar a sociedade brasileira para que ela alcance seu potencial", disse Bruno. (...)

Ver post completo

Iniciamos negociação com a BP para aliança estratégica

31.Out.2017

funcionario4.jpgAssinamos carta de intenções (LOI) com a BP para identificar e avaliar conjuntamente oportunidades de negócio, envolvendo ativos ou empreendimentos no Brasil e no exterior. O documento prevê cooperação nas áreas de exploração & produção, refino, transporte e comercialização de gás, GNL, trading de petróleo, lubrificantes, combustível de aviação, geração e distribuição de energia, renováveis, tecnologia e iniciativas de baixa emissão de carbono, visando o desenvolvimento de uma potencial aliança estratégica entre as companhias.


A LOI foi assinada em Londres, em 18 de outubro de 2017, pelo nosso diretor executivo de Refino e Gás Natural, Jorge Celestino, e pelo Presidente de Upstream da BP, Bernard Looney. (...)

Ver post completo

Recebemos mais R$ 87 milhões por meio de acordos de leniência e colaboração premiada

30.Out.2017

senado-600.jpg

Na última sexta-feira, recebemos R$ 81 milhões da empresa britânica Rolls-Royce, que firmou acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF) no âmbito da Operação Lava Jato. Outros dois acordos de colaboração premiada renderam mais R$ 5,8 milhões ao nosso caixa: R$ 1,7 milhão foi devolvido pelo ex-diretor da área Internacional, Nestor Cerveró e R$ 4,1 milhões, pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. O ressarcimento total de valores ultrapassa os R$ 800 milhões desde o início da Operação Lava Jato.

O acordo firmado com a Rolls-Royce inclui a devolução do lucro líquido obtido pela empresa em seis contratos de fornecimento de bens e serviços para nós. Contempla ainda o valor integral pago a título de comissão a intermediários contratados para atuar perante a companhia e o pagamento de multa, prevista na Lei de Improbidade, equivalente a uma vez o valor das comissões dos intermediários. (...)

Ver post completo

Adquirimos três blocos offshore no Regime de Partilha da Produção

27.Out.2017

Leil_o2 600.jpg

Em continuidade ao Fato Relevante divulgado no dia 25 de maio de 2017, informamos que adquirimos, em parceria com outras companhias, três blocos offshore nas 2ª e 3ª Rodadas de Licitações no regime de Partilha de Produção, realizadas hoje pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), sendo operadora em todos os blocos.
 
No regime de partilha de produção, o consórcio entrega ao governo um percentual denominado “excedente em óleo lucro para a União”, que se aplica sobre a receita descontada dos custos de produção e dos royalties. A oferta de excedente em óleo lucro para a União foi o único critério adotado pela ANP para definir a proposta vencedora, já constando previamente no edital o valor fixo do bônus de assinatura, o programa exploratório mínimo e os compromissos de conteúdo local. (...)

Ver post completo

Desinvestimentos no setor de fertilizantes: início de fase não vinculante

27.Out.2017

Em continuidade ao Fato Relevante divulgado em 11/09/2017 e ao Comunicado do dia 28/09/2017, informamos o início da fase não vinculante referente ao processo de alienação integral de sua participação acionária na Araucária Nitrogenados S.A. (Ansa) e de sua Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III).

Nesta etapa do projeto, os interessados habilitados na fase anterior receberão um memorando descritivo contendo informações mais detalhadas sobre os ativos em questão, além de instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das propostas não vinculantes. (...)

Ver post completo

Último dia da OTC Brasil tem sessão sobre resultados do pré-sal

26.Out.2017

Termina hoje a OTC Brasil 2017 (Offshore Technology Conference), no Riocentro (RJ). No último dia do evento, o nosso gerente executivo de Águas Ultraprofundas, Joelson Mendes, e equipe, apresentaram a sessão “1 bilhão de barris acumulados: conceitos, implementação e primeiros resultados”. O diretor de Assuntos Corporativos, Hugo Repsold, moderou a sessão “Virada digital: surfando nessa onda para a garantia dos projetos de E&P”. No encerramento da conferência, a diretora de E&P, Solange Guedes, foi a moderadora da sessão “Estratégias de E&P para alcançar sucesso em cenário de baixos preços de petróleo”.

Tivemos ampla participação na conferência: 85 profissionais da nossa empresa, entre especialistas, executivos e técnicos, estiveram envolvidos na organização, apresentação e sessões do congresso. Foram apresentados, no total, 47 trabalhos, que abordaram desde os desafios envolvidos no descomissionamento de sistemas de produção, passando por novas tecnologias aplicadas na recuperação dos campos maduros, até a primeira completação inteligente a poço aberto no pré-sal brasileiro. (...)

Ver post completo

Venda de ativos no Paraguai: início de fase vinculante

26.Out.2017

posto-paraguai 600.jpgEm continuidade ao Comunicado divulgado em 14/08/2017, informamos o início da fase vinculante referente ao processo de venda de nossos ativos no Paraguai.

Nesta fase do projeto são emitidas as cartas-convite para os interessados habilitados na fase anterior, com as instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes. (...)

Ver post completo

Conselho aprova adesão ao segmento especial de Governança Corporativa da B3

26.Out.2017

Em continuidade ao Comunicado ao Mercado de 05 de junho de 2017, informamos que nosso Conselho de Administração aprovou, em reunião realizada ontem, o pedido de adesão da companhia ao segmento especial de listagem Nível 2 de Governança Corporativa da B3 (Nível 2).

Nesse sentido, foram autorizados ajustes no nosso Estatuto Social, o qual será encaminhado para deliberação da Assembleia Geral dos Acionistas, a ser convocada, e a celebração de Contrato de Participação no Nível 2 com a B3 e a União, como acionista controladora, bem como foram aprovadas alterações nos Regimentos Internos do Conselho de Administração,  da Diretoria Executiva e do Comitê dos Minoritários e na Política de Divulgação de Ato ou Fato Relevante e de Negociação de Valores Mobiliários, de forma a incorporar as medidas adicionais de governança corporativa. (...)

Ver post completo

Conselho aprova reestruturação nas nossas áreas operacionais

25.Out.2017

Nosso Conselho de Administração aprovou, hoje, a reestruturação nas nossas áreas operacionais de Exploração e Produção e de Refino e Gás Natural. A iniciativa dá continuidade ao processo de reestruturação iniciado em junho de 2016, quando foram reduzidos aproximadamente 40% dos cargos gerenciais em áreas administrativas.

A reformulação busca adequar a estrutura e a gestão à visão estabelecida no Plano de Negócios e Gestão 2017-2021, nos dando mais competitividade. Os objetivos são capturar ganhos com o fortalecimento da estrutura organizacional e com a implementação de estruturas mais enxutas e ágeis, preservando a confiabilidade operacional e a segurança. Haverá uma redução aproximada de 11% no número de funções gerenciais, gerando uma economia estimada em R$ 35 milhões por ano. (...)

Ver post completo

Vamos bater meta de produção e reduzir custos de extração, afirma Parente, na OTC

25.Out.2017

otc2017_luncheon_vit01 _002_.jpg

No segundo dia da OTC Brasil, o presidente Pedro Parente afirma que deveremos atingir a meta de produção de petróleo e gás, feito a ser conquistado pelo terceiro ano consecutivo. Os números de produção do primeiro semestre de 2017, apresentados durante a OTC, demonstram nosso bom desempenho: uma produção diária de 2,17 milhões de barris, acima da meta de 2,07 milhões proposta no Plano de Negócios 2017 - 2021. Outras métricas, como a Taxa de Acidentados Registráveis (TAR) e alavancagem (relação dívida líquida/EBITDA) também têm apresentado um bom resultado, ambas com reduções significativa e dentro dos parâmetros traçados para o ano.

O trabalho firme para reduzir custos no cenário de preços baixos do petróleo foi lembrado pelo nosso presidente, que reconheceu ser muito difícil fazer previsões. "O Brasil reconheceu a necessidade de explorar o potencial de áreas offshore e está aproveitando a oportunidade de aprimorar o ambiente de negócios", disse. (...)

Ver post completo