Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

No último dia do HSM, Ram Charan sugere substituir o medo do futuro por informação

09.Nov.2017

O indiano Ram Charan, consultor e best seller, convidou a todos logo no início da sua fala no HSM2017 : "Por favor, levantem-se, fechem os olhos e meditem sobre o futuro. Não sejam pessimistas, sejam otimistas. Faz muita diferença". Foi a última palestra desses três dias de evento. A sala estava lotada e todos atenderam a sugestão de Charan.

Autor de diversos livros sobre evolução e comportamento corporativo, Charan sugeriu substituir o medo do futuro por informação. "Estamos na era da inteligência artificial, qualquer pessoa que não a conhece, tem medo. Mas a inteligência artificial é uma coleção de equações matemáticas desenvolvidas no final do século 19. Procure conhecê-la e entendê-la, para então, tirar proveito".

Charan dispensou slides digitalizados, usou os telões para  apresentar suas ideias escritas a próprio punho, em folhas de papel. Ali, compartilhou suas ideias sobre o presente - economia compartilhada, poder ao consumidor, entre outras - e traçou o que acredita ser o futuro. Em uma visão otimista, evidentemente. Desceu do palco, andou pela plateia.

Arena Petrobras - Em nossa arena no evento, executivos reconhecidos em suas áreas de atuação estão compartilhando experiências baseadas em temas essenciais para trilhar um caminho baseado na gestão e na inovação. Joper Andrade, gerente executivo do nosso Centro de Pesquisas, apresentou toda sua palestra fora do palco. Escolheu um tom acolhedor  para falar sobre "A Inovação na Petrobras", e criou conexão imediata com os ouvintes. Contou sobre a tecnologia de catalisadores (UFCCs) criada pela empresa, sobre a viabilização de risers de produção aplicadas , falou da prospecção de tecnologias limpas por meio de parcerias com startups, do uso de inteligência artificial na elaboração de projetos.

"Já usamos a realidade ampliada para analisar o interior das rochas. A tecnologia é fundamental para a evolução". Ficou a mensagem de que a empresa está em novo rumo, conforme já ressaltado pelo nosso presidente, Pedro Parente, no mesmo evento.

Ainda na Arena Petrobras, Fabio Pando foi outro destaque entre as palestras. Presidente da Horizon Consulting, empresa de inovação em negócios, coach executivo e professor, Fabio destacou que é urgente repensar a hierarquia para proporcionar um ambiente mais propício para a evolução e inovação. "Os colaboradores têm que se sentir à vontade para falar, se posicionar, sugerir mudanças. Para isso, e para qualquer transformação, é necessário que os líderes deem esse espaço e tenham o interesse e a coragem de mudar". "Olhar para os acertos do passado não é acertar no futuro, tampouco é seguro, principalmente em um cenário VUCA como é o atual" completou.

Reavaliar conceitos, trocar com as novas gerações, acreditar no propósito, investir na transparência, alongar, expandir a visão de mundo, derrubar preconceitos, apostar na troca, na equipe, em um formato de poder horizontal e evolutivo. Foi isso que se ouviu nos palcos e nos corredores da HSM EXPO 2017 “ O poder do conhecimento”. Foi isso que se leu nos bilhetes (escritos pelo público) colados em uma parede destinada a tudo que deveria ir para a inovação vir. Tecnologia e conhecimento são protagonistas desse movimento, assim como o treino mental e comportamental diário. A inovação é como um músculo. Precisa ser exercitada, colocada em prática, desafiada, superada. A analogia entre a performance corporativa e de um atleta de elite não é nova. Mas segue muito eficiente, como bem mostraram Michael Phelps e Bob Bowman, no mesmo evento.

Confira um resumo de como foi o terceiro e último dia da HSM EXPO 2017:

Veja também:

Jack Welch foi a principal atração do segundo dia na HSM 2017

"O cenário de crise é o ideal para assumir riscos e apostar em tentativas", diz Nassim Taleb

Mudamos e estamos seguindo em frente

Postado em: [Sociedade e Meio Ambiente, Tecnologia e Inovação]

0 comentários

*Campos obrigatórios




Enviar