Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Pedro Parente destaca melhoria de nossos indicadores de segurança e financeiro na OTC

02.Mai.2017

pedroparente-OTC2017.jpgNosso presidente, Pedro Parente, apresentou nesta terça-feira, 2/5, a palestra “Oportunidades da Petrobras em um novo cenário de petróleo e gás”, durante a Offshore Technology Conference (OTC) em Houston (EUA). Ele destacou a progressiva recuperação financeira da companhia após a implementação do Plano Estratégico e de Negócios 2017-2021. A OTC é o maior evento mundial dedicado às atividades de exploração e produção no mar.

“Saímos de um endividamento extremamente elevado, de mais de cinco vezes a nossa geração de caixa, para 3,5x em 2016. Ainda é uma dívida alta, por isso nosso esforço em alcançar a meta de 2,5 para 2018 de acordo com o nosso PNG”, disse Parente. Ele apresentou ainda a redução da Taxa de Acidentados Registráveis (TAR), que caiu de 2,2 em 2015 para 1,6 em 2016.

Além de traçar um panorama desde a sua chegada à companhia, em maio passado, o executivo abordou as perspectivas da empresa, que vem adotando um programa robusto de parcerias. “Estamos adotando uma nova estratégia, criando oportunidades tanto para operadores da indústria como fornecedores, além de ampliar as parcerias com universidades e instituições de pesquisa”, apontou Parente. De acordo com o executivo, os acordos possibilitam o desenvolvimento tecnológico de ponta com custos menores e maior crescimento da produção.

Assista ao vídeo e conheça nossos parceiros no pré-sal da Bacia de Santos e Campos

O presidente informou que devemos apresentar uma nova carteira de desinvestimentos em breve. Parente reafirmou a meta de US$ 21 bilhões em desinvestimentos e parcerias em 2017 e 2018.

“Nossas iniciativas seguem em direção ao aumento da eficiência e da competitividade da companhia no mercado global de petróleo e gás”, finalizou.

Leia também:

Diminuiremos nossa alavancagem pela metade em dois anos

Somos a empresa com a melhor operação de gestão de dívida em 2016

Atingimos meta de produção pelo segundo ano consecutivo e com recordes históricos

*Foto: Pedro Amorim / Petrobras

Postado em: [Atividades, Institucional]

1 comentários

Antônio Guilherme

04.Ma.2017

Apesar de todas as melhorias anunciadas as ações em 2017 continuam caindo. Fica muito complicado para o pequeno investidor aplicar na companhia.