Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Petrobras ilumina edifício-sede com as cores do arco-íris para celebrar o Dia Internacional do Orgulho LGBTI

28.Jun.2018

Para celebrar a data de 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e pessoas intersexo), nós vamos iluminar, de 25 a 30 de junho, nosso edifício-sede no Rio de Janeiro, com as cores do arco-íris, que compõem a bandeira LGBTI. A iniciativa reforça nosso posicionamento contra a discriminação, pela igualdade de oportunidades e pelo respeito às diferenças.

"A Petrobras entende que a inclusão só se realiza em um ambiente que ofereça a todas as pessoas oportunidades iguais de participação na construção das boas relações no trabalho, na realização da missão e superação dos desafios da companhia. Aqui apoiamos e respeitamos a identidade de gênero", assinala o gerente setorial de Cultura e Diversidade do RH da empresa, Eduardo Medrado.

Ações pela igualdade
A partir de 2007, estendemos a assistência médica da empresa aos casais parceiros do mesmo sexo. Desde então, as adesões aos benefícios vêm crescendo progressivamente. Em 2010, o número de empregados homoafetivos que possuíam cônjuges inscritos como dependentes na Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS) era de 100 pessoas. Em 2014, esse número aumentou para 182 e, em 2018, já conta com 274 adesões.

Empregado da companhia há 11 anos, o engenheiro civil Israel Gomes de Oliveira, que vive em união estável, inscreveu o companheiro como dependente na AMS. Ele destaca a relevância dos avanços na questão LGBTI por parte da Petrobras. “Tenho orgulho de trabalhar em uma organização pioneira, no contexto nacional, no reconhecimento dos direitos dos trabalhadores homossexuais”, afirma.

Em maio deste ano, admitimos a adoção do nome social e a utilização de banheiros, vestiários e outras áreas comuns pelos empregados e empregadas trans. Day Oliveira é um dos empregados que adotou o nome social. Day, que vive um relacionamento de união estável, reconhece que a decisão da Petrobras de declarar a diversidade de raça, religião, orientação sexual e identidade de gênero como um valor traz mais segurança no convívio da força de trabalho. “Hoje sou visto e respeitado como colega de trabalho dentro da equipe, um colega com competência profissional e comprometimento e me sinto mais confiante para concretizar meus planos de ascensão de carreira.”