Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Plataforma P-58 entra em operação no Parque das Baleias

18.Mar.2014

p-58.jpgA plataforma de produção P-58 entrou em operação nesta segunda-feira, dia 17/3, conforme previsto no nosso Plano de Negócios e Gestão 2014-2018. A unidade está localizada no complexo denominado Parque das Baleias, na porção capixaba da Bacia de Campos. A produção teve início por meio do poço 7-BFR-7-ESS, produtor de reservatório pré-sal, que apresentou excelente produtividade, conforme esperado.

A P-58 é parte integrante do projeto Norte de Parque das Baleias, que compreende a produção dos campos de Baleia Franca, Cachalote, Jubarte, Baleia Azul e Baleia Anã.

A P-58 está instalada a cerca de 85 km da costa do Espírito Santo, em águas com profundidade de 1.400 metros. A ela serão interligados, nos próximos meses, 15 poços produtores, dos quais oito do pré-sal e sete do pós-sal, e 9 poços injetores, por meio de 250 km de dutos flexíveis e dois manifolds submarinos (equipamentos que transferem o óleo dos poços para a  plataforma).

Do tipo FPSO (unidade que produz, armazena e transfere petróleo, na sigla em inglês), a unidade tem capacidade para processar diariamente até 180 mil barris de petróleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural.

A exportação de óleo da plataforma será realizada por meio de navios aliviadores e o escoamento de gás natural por gasoduto até a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas, localizada no município de Linhares, no Espírito Santo.

A obra gerou cerca de 4.500 empregos diretos, 13.500 indiretos, e alcançou 64% de índice de conteúdo nacional.

A construção dos módulos de processamento de óleo e compressão de gás da plataforma foi feita no Rio de Janeiro. Estes módulos foram transportados para o estaleiro Honório Bicalho, na cidade de Rio Grande - RS, onde ocorreu a construção dos módulos de paineis elétricos e de geração principal de energia, bem como a integração de todos os  módulos no casco da plataforma.

Novas plataformas

Ainda conforme previsto no Plano de Negócios e Gestão 2014-2018, três novas plataformas entrarão em operação no segundo trimestre de 2014. Em Roncador, na Bacia de Campos, a plataforma P-62 irá desenvolver o campo em conjunto com as plataformas P-52, P-54 e P-55. Esta última entrou em produção em dezembro de 2013.

No campo de Papa Terra, entrarão em operação a P-61 e a plataforma semissubmersível de apoio à perfuração de poços SS-88 TAD (Tender Assisted Drilling). Essas unidades desenvolverão a produção de Papa-Terra em conjunto com a P-63,  que entrou em produção em novembro de 2013.

Dados da P-58:
Capacidade de processamento de óleo: 180 mil barris/dia;
Capacidade de tratamento e compressão de gás: 6 milhões m3 /dia;
Conteúdo local: 64%;
Capacidade de tratamento de água de injeção: 58 mil m³/dia;
Capacidade de geração elétrica: 100 MW;
Profundidade de água: 1.400 m;
Acomodações: 110 pessoas;
Peso total da plataforma: 63.300 toneladas.

* Foto: Steferson Faria / Petrobras 

Postado em: [Atividades]

15 comentários

glauci

18.Ju.2017

Bha saudades , trabalhei neste projeto junto com a equipe Ciabee em Rio Grande!

Reginaldo Ribeiro da Silva Prado

26.Se.2016

Eu também participei da construção desta plataforma Que saudades

Sandro Malta Moran

11.Fe.2015

Eu também fiz parte deste projeto, com muito orgulho. Missão cumprida.

Maykon Martins

17.Ja.2015

Saudade desse projeto..em pensar que fui a primeira pessoa a subir na ""TORRE do FLARE"" em Rio Grande para verificar tubulação de linhas finas que dão ignição aos queimadores. Trabalhando na engenharia da CQG Construções OFF Shore, em Rio Grande junto ao meu chefe,mestre na tubulação e grande amigo, "Orlando Pinto". SAUDADES!!!! Maykon Martins >>>Projetista Tubulação

Maykon Martins

17.Ja.2015

Saudade desse projeto..em pensar que fui a primeira pessoa a subir na ""TORRE do FLARE"" em Rio Grande para verificar tubulação de linhas finas que dão ignição aos queimadores. Trabalhando na engenharia da CQG Construções OFF Shore, em Rio Grande junto ao meu chefe,mestre na tubulação e grande amigo, "Orlando Pinto". SAUDADES!!!! Maykon Martins >>>Projetista Tubulação

Gilvan Teixeira

09.Ab.2014

Depois de muito esforço vale a recompensa!!! Parabéns a todas empresas e em especial a equipe da Megasteam que trabalhou e continua trabalhando no projeto, muito obrigado.

Raimundo Jorge Gonçalves da Silva

26.Ma.2014

Boa Tarde! Gostaria de parabenizar a toda equipe que trabalhou para colocar em operação essa grande Plataforma e também desejar muitas felicidades na área de exploração e produçao com a P57 ( FPSO). O Brasil, mais uma vez, mostra o seu potencial energetico, porque "o petróleo é a nossa energia". OBS.: Espero algum dia fazer parte da equipe da PETROBRÁS. Sou Inspetor de Equipamentos e Soldagem.

DAVID PINTO DE SOUZA

25.Ma.2014

foi um prazer em trabalhar neste projeto da p-58 na sua fabricaçao

Celso Ortunho Serra

24.Ma.2014

Concordo, porém ao invés de ser um projeto de encher os olhos, melhor seria " de encher o tanque" - já estamos sendo preparados para muitos aumentos de preços....

Fernando Tavares

23.Ma.2014

É um projeto de encher os olhos, porem os Benéfícios a população precisam ser expostos, Precisamos de uma resposta urgênte acerca do almento da gasolina no País, é paradoxal falamos em abundancia de materia prima(Petróleo), versus o Preço da mesma, que nos remete a pensar em Falta!

Marcos Lemos Moreira

19.Ma.2014

Lamentável insistência na produção de hidrocarbonetos fósseis. Se por um lado abastece a economia e os ufanismos nacionalistas, por outro entope nossa atmosfera de CO2.. Quero mais ver é aumento de produção de energia solar, eólica, etanol, etc

Adailson Machado Freire

19.Ma.2014

Prezadas e Prezados profissionais de comunicação da Petrobras, Parabéns, e só se fala no Congresso Nacional que tem escandalos na Petrobras e os mesmos (Deputados Federais e Senadores) não debatem essas informações. Porque será? Adailson Freire

Marcio Pinheiro

19.Ma.2014

Realmente é muito orgulho participar de um empreendimento igual a este , e pretendo participar de muitos outros aqui no Rio Grande do Sul .

Jonatas Cruz

18.Ma.2014

Eu acho muito legal! Agora me responde uma coisa, do que adianta ter 482374954 pontos de extração de petróleo e não ter refinaria pra tudo isso? A rádio corredor popular diz que estamos enviando petróleo cru pra refinar fora e só volta uma parte do que foi, e por isso que estamos pagando aqui no Rio de R$ 3,05 a 3,30. Então poderiam ser construídas mais refinarias pra ver se o valor da gasolina diminui, já que ninguém quer deixar entrar no Brasil os carros movidos a outros tipos de energia(solar e elétrica) que não seja combustíveis fósseis ou regidos pela Petrobras/governo. Claro que é uma crítica, mas de forma construtiva!

Débora Godoi

18.Ma.2014

Motivo de muito orgulho para todos nós brasileiros. Parabéns a todos que trabalharam gerando divisas para nossa nação. Isso os "abutres" globais não divulgam com a devida honra e larguesa.