Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Recuperamos R$ 145,6 milhões desviados de contratos da SBM Offshore

29.Set.2016

A Justiça do Rio proferiu, nesta quinta-feira, decisão favorável à nossa companhia e determinou o depósito de R$ 145,6 milhões na nossa conta referentes a valores repatriados ao Brasil de contas na Suíça controladas por Julio Faerman, ex-representante da empresa holandesa SBM Offshore no Brasil. Faerman fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro e é acusado de operar propinas em contratos da Petrobras desde 1997. Os R$ 145,6 milhões equivalem a 80% do total repatriado, conforme decisão judicial.

O juiz Vitor Barbosa Valpuesta, da 3ª Vara Federal Criminal, atestou a condição de vítima da companhia e afirmou na decisão que Faerman reconhece que o dinheiro foi obtido através "de atividades criminosas". As investigações começaram antes da Operação Lava Jato e somos assistentes de acusação no processo. Segundo a denúncia, entre 1997 e 2012 houve desvios em contratos de aluguel de navios-plataforma.

A decisão deve ser publicada no Diário Oficial nos próximos dias. Além do montante anunciado nesta quinta-feira, já recuperamos, por vias judiciais, R$ 309 milhões desviados nos casos de corrupção.

Postado em: [Institucional]

2 comentários

joão batista de assis pereira

23.No.2016

Os leitores do blog Fatos e Dados estão ansiosos pela resposta da Ouvidoria Geral da Petrobras e da Diretoria de Governança Risco e Conformidade acerca do resultado final das investigações internas relacionada ao caso SBM. Continuamos no aguardo da divulgação do verdadeiro valor que foi subtraído da Petrobras.

joão batista de assis pereira

02.Ou.2016

Considerando os valores bilionários em dólares norte-americanos referente ao longo período de relação contratual entre Petrobras e SBM, o alto grau de subjetividade do critério de medição e pagamento de serviços de afretamento, mediante Taxa diária, incluindo o pagamento de paralisação de serviços por condições climáticas adversas "Stand By Weather", certamente facilitou a prática de sobrepreços por um longo período em que a Petrobras contratou a SBM. O valor anunciado de 150 milhões de reais que foram recuperado da SBM representa uma fração mínima do que foi subtraído da Petrobras. Representa a cota parte do lobista Julio Faerman, ex-representante da empresa holandesa SBM desviou para sua conta na Suíça. Portanto, os valores desviados nos contratos de afretamento foram muito superiores a essa quantia. O interessante e que não observamos nenhuma posição da Petrobras a respeito das investigações internas que já deveria ter quantificado o exato valor que foi subtraído da PB.