Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Refinaria de Pasadena: Constituição de Comissão Interna

31.Mar.2014

pasadena.jpgLeia nosso comunicado sobre a comissão interna para apurar os processos de compra da Refinaria de Pasadena, no Texas:

A Petrobras informa que constituiu, em 24/03/2014, comissão interna, coordenada pela Auditoria Interna da Companhia, para apurar os processos de compra da Refinaria de Pasadena, no Texas. A referida Comissão tem prazo previsto de 45 dias para apresentar suas conclusões.

A Petrobras informa que, desde dezembro de 2012, vem atendendo aos Órgãos Públicos e aos Órgãos de Controle (Controladoria-Geral da União, Tribunal de Contas da União, Ministério Público, Comissão de Valores Mobiliários e Requerimentos de Informação de Parlamentares), fornecendo informações e documentos sobre o processo de compra da Refinaria de Pasadena.

O Relatório final da Comissão Interna de Apuração da Petrobras será encaminhado à Controladoria-Geral da União, ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério Público Federal.
 

Postado em: [Esclarecimentos, Institucional]

14 comentários

Fernando Figueiredo deOliveira

07.Ab.2014

Para quem trabalhou em rafinaria como eu, sabe muito bem que uma refinaria não se compra por apenas 42 milhões de dolares. A título de esclarecimento, devo informar que toda refinaria passa por manutenção peródica e o item mais enfatizado é a inspeção de equipamento. Por isto é praticamente impossivel operar em forma de sucata. Devemos ter cuidadado porque os interesses muitas vezes falam mais alto que o nacionalismo!

Nivaldo Gomes Moreira

04.Ab.2014

É extremamente importante a empresa publicar nete sitio informações mais esclarecedoras sobre a Refinaria de Pasadena, explicar que esta é uma aquisição estratégica, enfim informações como as publicadas no sitio do blog cafezinho (http://www.ocafezinho.com/2014/03/29/petrobras-chegou-a-hora-de-usar-o-blog/)

William Thorlay

03.Ab.2014

Além da auditoria interna para apurar supostas irregularidades na compra da refinaria, a Petrobrás poderia disponibilizar uma planilha e/ou gráficos com a evolução do EVA (Economic Value Added), ano a ano, desde sua compra ou mostrar o FCL (Fluxo de Caixa Livre). Qual a projeção para os próximos 5 anos. Isso nos permitiria saber se o negócio agrega valor ou destrói valor da Cia. A satisfação tem que ser dada não à mídia, que está partidarizada, mas à população. Esse blog serviria muito bem para isso.

Marcos Silva

03.Ab.2014

A Petrobras tem que defender a Petrobras. A Presidenta da República, a presidenta da Petrobras e o Conselho de Administração da Petrobras fazem parte da Petrobras. Portanto, têm o dever e a obrigação de defender a Petrobras, especialmente nesses momentos de grande desinformação, que conforme o nosso Papa Francisco já mencionou, é o pior pecado que a imprensa comete nos dias de hoje. http://www.ocafezinho.com/2014/04/03/pasadena-e-a-estrategia-do-tiro-no-pe/

Gil de Brito

03.Ab.2014

Ministério Público contamos com a competência de seu pessoal. Não existe base alguma para a Petrobras comprar um amontoado de sucata que é a refinaria de Passadena.

Antonio Junior

02.Ab.2014

Com os dados informados na coluna Dinheiro Vivo, de Luis Nassif de 02/04/2014 "O silêncio da Petrobras no caso Pasadena" (www.luisnassif.com.br), assim como os dados que estão no blog do cafezinho (www.cafezinho.com) esperava-se que a Petrobras adotasse essa mesma postura para defender os seus interesses e demonstrasse aptidão e competência para mostrar que os dados que a maioria da imprensa divulga não são verdade. É de se estranhar a incapacidade de defesa, com argumentos convicentes (e que existem), mas parece que existe um interesse para eles não virem à tona. Será que essa divulgação de cunho eleitoreira foi plantada por gente de dentro (o chamado "fogo amigo")? Coluna Econômica - 02/04/2014

Tércio dos Santos

01.Ab.2014

Alem de funcionário, também sou acionista da empresa, é importante que toda suspeita de corrupção na empresa seja apurada com rigor e severa responsabilização do culpados.

Herlon Lopes

01.Ab.2014

A Petrobras valia R$ 20 bilhões de reais em 2002, hoje a Petrobras vale R$ 227 bilhões de reais. Um erro de investimento está longe de abalar a empresa mais prospera do Brasil e detalhe, o PSDB queria vendê-la e já tinha nome: PETROBRAX.

Alexander Da Mata

31.Ma.2014

Se for descoberto envolvimento de funcionários, todos devem ser demitidos e se possível presos!!! A PETROBRAS É PATRIMÔNIO NACIONAL ELA E DO POVO BRASILEIRO E TODOS QUE TENTAM "SANGRA-LA" DEVEM SER PUNIDOS.

Guto

31.Ma.2014

U$1,05 bi? Com 106mil barris dia de capacidade, saiu a U$10mil/barril/dia. Quanto custou a Rnest mesmo? U$20 bi...?! Capacidade de 230 mil barris/dia...U$87mil/barril/dia Realmente Pasadena saiu muito caro!!!!!

antonio carlos martins

31.Ma.2014

otimo! toda empresa de porte realiza este tipo de procedimento! preciso dizer que a Pasadena da lucro,refina oleo de qualidade,esta no coração do tio sam.a Folha descobriu que a refinaria é lucrativa. ja o JN....noticiou uma refinaria velha poluente.....coisa de decrepito! todos na luta de defesa da PRETOBRAS DO PRE SAL.....nao se pode ficar a merce das meias verdades da imprensa.http://www.petrobras.com.br/fatos-e-dados/refinaria-de-pasadena-constituicao-de-comissao-interna.htm#

Ary Bastos

31.Ma.2014

A atitude é louvável, porem, sem credibilidade!! Comissão interna comandada pelos envolvidos?? Para ter credibilidade, deveria ser uma comissão independente com a participação de auditores independentes, representantes da sociedade civil e dos sócios minoritários.

Delma Oliveira Santos

31.Ma.2014

Tem que apurar mesmo!E se possível instaurar um processo para que seja devolvido aos cofres públicos o valor irreal pago aos sócios que se desligaram da empresa e mais o valor gasto com a ação da compra que foi além do valor avaliado!

Cícero

31.Ma.2014

Veja as informações apuradas por Miguel do Rosário, no Blog "o Cafezinho", de acordo com suas investigações/apurações sobre a Refinaria de Pasadena: RESUMO DO VALOR PAGO PELA REFINARIA DE PASSADENA 1. Compra da Refinaria pela ASTRA OIL - em US$Milhões Valor pago em moeda 42,5 Dívidas da refinaria assumidas pela Astra Oil 200,0 Investimentos feitos pela Astra Oil conf. Legislação 84,0 Total da Aquisição pela Astra OIL 326,5 2. Aquisição da Refinaria pela PETROBRÁS 2006 Aquisição de 50% da Refinaria 190,0 Aquisição de estoues de petróleo/derivados 170,0 Total de 2006 360,0 2009 Aquisição dos 50% restantes 296,0 Aquisição de estoues de petróleo/derivados 170,0 Total de 2009 486,0 Total da aquisição (2006 + 2009) 846,0 3. Custas judiciais/Contratuais Juros contratuais 150,0 Honorários advocatícios 5,0 Ajustes finais da aquisição/acordo judicial 44,0 Total 199,0 4. Total da compras da Refinaria 1.045,0

*Campos obrigatórios




Enviar