Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Renovamos parceria com a Marinha para apoio a missões científicas no Brasil e na Antártida

09.Ago.2019

Assinatura dos termos de cooperação marca renovação de uma parceria técnico-científica mantida há mais de 30 anos

TermoMarinha02_600.jpg

Assinamos nesta quarta-feira (7/8) mais um acordo com a Marinha do Brasil e com suporte da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para apoio a missões científicas no território marítimo brasileiro e na Antártida. A cerimônia de assinatura dos termos de cooperação, que marca a renovação de uma parceria técnico-científica mantida há mais de 30 anos, aconteceu no Cenpes, o nosso centro de pesquisas e desenvolvimento, no Rio de Janeiro.

“O investimento de em torno de R$ 400 milhões vai proporcionar a continuidade das pesquisas na 'Amazônia azul brasileira' e no continente antártico, dois projetos extremamente importantes para a Petrobras e para o Brasil”, disse o presidente Roberto Castello Branco. A parceria visa ao desenvolvimento científico, com foco em pesquisa e tecnologia, para viabilizar a exploração e o aproveitamento sustentáveis dos recursos marinhos. Contribuímos ainda com conhecimento técnico e participamos das missões científicas relativas aos planos, programas e ações empreendidos pela Marinha.

O novo acordo de cooperação entre nós e a Marinha garante por mais cinco anos o apoio da companhia nas missões científicas do Plano Setorial para os Recursos do Mar (PSRM) e do Programa Antártico Brasileiro (Proantar), que são coordenados pela Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM).

Antes da cerimônia de assinatura, os representantes da Marinha e da ANP tiveram a oportunidade de conhecer algumas soluções tecnológicas desenvolvidas no Cenpes, como o Núcleo de Visualização e Colaboração (NVC) e a Boia Meteoceanográfica Nacional (BMO-BR). "As verbas investidas em pesquisa e inovação são a principal fonte para desenvolvermos este país", comentou o presidente da ANP, Décio Oddone.

TermoMarinha03_600.jpg

Saiba mais
O Plano Setorial para os Recursos do Mar (PSRM), um dos desdobramentos da Política Nacional para os Recursos do Mar (PNRM), engloba o estudo e a análise das potencialidades, o monitoramento dos recursos vivos e não vivos, e os fenômenos oceanográficos e climáticos das áreas marítimas sob jurisdição e de interesse nacional. Seu objetivo é melhorar a gestão, o uso sustentável desses recursos e a distribuição justa e equitativa dos benefícios derivados dessa utilização.

Já o Programa Antártico Brasileiro (Proantar) busca promover a qualidade ambiental das operações do Brasil na Antártida. No continente está sendo reconstruída a Estação Antártica Comandante Ferraz, uma instalação operada pela Marinha do Brasil que conta com laboratórios destinados a pesquisas científicas nas áreas biológicas, atmosféricas e químicas.

Embarque com a gente em uma Jornada pelo Conhecimento e saiba por que a Antártida reserva um imenso potencial para descobertas científicas.