Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Revisamos o preço dos combustíveis

05.Jan.2017

gasolina-liq.jpgDe acordo com nossa política de preços anunciada em outubro de 2016, o Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) decidiu elevar o preço do diesel nas refinarias em 6,1%, em média. Os novos valores começam a ser aplicados a partir de 06/01/2017. O preço da gasolina nas refinarias ficou inalterado.

A decisão é explicada principalmente pelo efeito da continuada, embora mais discreta, elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais, pela valorização do real desde a última revisão de preços e por ajustes na nossa competitividade no mercado interno de gasolina e diesel. As revisões anunciadas hoje refletem também movimentos sazonais nas cotações globais dos derivados, com os preços do diesel respondendo a uma maior demanda em função de inverno no hemisfério norte.

Reafirmamos sua política de revisão de preços pelos menos uma vez a cada 30 dias, o que lhe dá a flexibilidade necessária para lidar com variáveis com alta volatilidade.

Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas por nós nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e postos revendedores. Se o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 3,8% ou cerca de R$ 0,12 por litro em média.

Confira nosso ambiente digital com 10 respostas sobre gasolina

Postado em: [Produtos e Serviços]

5 comentários

jomy

11.Ja.2017

OK

Eduardo Carnevali

10.Ja.2017

Só vejo doações para grandes grupos. Vendas são baseadas em fluxos futuros Isto que está acontecendo na Petrobras é , no mínimo, administração temerária. É claro que o seguro vai pagar junto com a NSA.

Rafael Giovelli

06.Ja.2017

REAJUSTE COMBUSTÍVEIS 05-01-2017

Silvio aparecido Gonçalves

06.Ja.2017

Quando o preço cair lá fora ,,,,a mesma porcentagem irá cair aqui no Brasil ? O combustível do Brasil é o mais caro no mundo

RODOLFO BARIZON

06.Ja.2017

Triste! É o começo do fim para mutias transportadoras! o Interessante é que houve redução anunciada em 0,20 em novembro, e foi repassado 0,10 em média, isso ao longo do mês, não imediatamente após ao anúncio, e segundo os próprios proprietários de postos, a BR foi repassando aos poucos... no dia 06/12 houve aumento anunciado de 0,17 e foi repassado integralmente e imediatamente no mesmo dia, agora novo aumento anunciado de 0,12 e já estamos recebendo esse valor também imediatamente após o anúncio... e o intrigante, que no portal da ANP sobre as pesquisas de preços, não aponta estes valores... Essa metodologia acabará com muitas transportadoras que irão a falência, uma vez que o combustível representa em torno de 30% a 40% do custo do transporte. Também não aparece, o aumento recente (29/12) de 0,10 no litro no estado do Goias.... é Governo tirando de Governo que tira dos postos que tiram dos transportadores/consumidores.

*Campos obrigatórios




Enviar