Petrobras . Blog Fatos e Dados

home

Blog Fatos e Dados

home

Transpetro simula vazamento de combustível por tentativa de roubo em duto

28.Abr.2017

transpetro_168.jpgPara aprimorar os processos relacionados à segurança em nossas operações, atuamos tanto com ações preventivas quanto com o reforço ao tratamento de desvios e incidentes. Dentro dessa diretriz prevista no Plano de Negócios e Gestão 2017-2021, nossa subsidiária Transpetro realizou um simulado de emergência, este mês, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

O exercício teve como cenário o vazamento de gasolina provocado por uma tentativa de furto de combustível num oleoduto. Moradores próximo à faixa de dutos foram orientados sobre os riscos desse tipo de crime, que pode causar incêndios e até mesmo explosões.

O gerente geral de Segurança Meio Ambiente, Saúde e Contingência da Transpetro, Nelson Barbosa, ressaltou que é fundamental alertar para esses riscos: “Nossa proposta com esse treinamento é reforçar a divulgação do telefone de relacionamento da companhia com a comunidade, o 168, e mostrar como as pessoas devem agir em situações de emergência”, enfatizou o gerente. Com o novo número, 168, a Transpetro disponibiliza um canal de comunicação 24 horas por dia, sete dias por semana.

A escolha do município de Duque de Caixas, na Baixada Fluminense, para a realização do simulado está relacionada ao histórico de furto de combustíveis em dutos na região. Em 2017 foram registradas 57 ocorrências de furtos e tentativas de furto no país, 31 delas no estado do Rio de Janeiro, sendo 12 em Duque de Caxias.

Saiba em que situações as equipes da Transpetro devem ser acionadas:

fique-de-olho-alertas.png

Cem pessoas participam do simulado que contou com ambulância e sobrevoo de helicóptero

Durante o treinamento houve atuação das equipes de contingência, simulação de resgate com ambulância, sobrevoo de helicóptero. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Duque de Caxias também foram envolvidos. Participaram do simulado cerca de cem pessoas, entre equipes da Transpetro, da Petrobras, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros de Duque de Caxias e a comunidade do entorno.

Nesta atuação conjunta, a Transpetro contou também com o apoio do Instituto Estadual do Ambiente (Inea/RJ), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

A Transpetro reforça que o transporte em dutos de petróleo e derivados é seguro e eficiente desde que executado pelos funcionários da companhia.

Postado em: [Sociedade e Meio Ambiente, Produtos e Serviços]

1 comentários

Norisvaldo Pereira

03.Ma.2017

Como sugestão, a companhia poderia oferecer recompensas financeiras para contatos que indiquem e provem quem são essas pessoas que estão realizando esses furtos.

*Campos obrigatórios




Enviar