Programa Petrobras Jovem Aprendiz

Programa Petrobras Jovem Aprendiz

Participando da formação de jovens

Promover a inclusão social por meio de qualificação profissional: esse é objetivo do Programa Petrobras Jovem Aprendiz (PPJA). Realizado com base na Lei 10.097, de 19 de dezembro de 2000, o Programa oferece uma formação completa, constituída por três etapas:

  • Formação básica de quatro meses em instituições sociais conveniadas, com discussão de temas relacionados a identidade, cidadania e conhecimentos sobre a Petrobras;
  • Curso de qualificação profissional de nove meses no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai);
  • Vivência de nove meses na Petrobras, com acompanhamento profissional.

O Programa tem duração de dois anos. Instituições sociais conveniadas assinam a carteira do jovem aprendiz, com o pagamento de um salário mínimo, 13º salário, férias, FGTS, além de auxílio para alimentação e transporte.

Além das admissões e do pagamento dos salários, as instituições são responsáveis pela gestão, orientação, docência, supervisão e acompanhamento de todo o Programa.

Durante a vivência profissional, os aprendizes terão supervisão dos gestores locais das unidades da Petrobras.

Para se inscrever, o candidato precisa

  • Estar em situação de vulnerabilidade social (a partir da renda familiar e do Cadastro Único do Governo Federal);
  • Ter entre 15 e 21 anos e 11 meses (para vagas das áreas administrativas);
  • Ter entre 17 anos e 9 meses e 21 anos e 11 meses (para vagas nas refinarias e em laboratórios de pesquisa);
  • Frequentar o sistema de ensino regular;
  • Residir no entorno das unidades da Petrobras.

Inscrições

Cada local realiza seu processo seletivo em uma data determinada, que depende do término da edição anterior do Programa. Somente após dois anos do início de cada edição é que as instituições e os comitês locais da Petrobras iniciam a seleção dos jovens, com novas inscrições.

As normas e procedimentos de recrutamento e seleção são de responsabilidade dos comitês locais. Distribuídos em 29 regiões do PPJA pelo país, eles têm autonomia para executarem seus processos seletivos.

Instituições participantes do programa

Estado
Buscar